Inspirado na Aporia do Tempo de Santo Agostinho, Fernando Ribeiro desenvolve a performance de longa duração Distentio Anime, ocupando um dos antigos cinemas de rua de Curitiba, o Cine Condor. Tendo iniciado a performance na Vila Itororó, São Paulo, em maio de 2018, o artista passa os dias a produzir tijolos de gesso para a criação de um labirinto pelo espaço da galeria Condor. A ação e a presença do artista buscam conectar passado, presente e futuro.

Performance Distentio Anime | Goethe na Vila

Local

Rua Ébano Pereira 196 - Galeria Condor

Datas e horários

De 9 de junho a 7 de julho
De terça a sexta, das 14 às 18h
Sábados, das 10 às 16h

entrada franca
fechado aos domingos e às segundas

Sobre a exposição

De 09 de junho a 07 de julho, alguns pontos do centro de Curitiba serão tomados por performances e intervenções artísticas de quatro renomados artistas brasileiros: Cleverson Luiz Salvaro, Fernando Ribeiro, Willian Santos e Tony Camargo. Distanciando-se dos protocolos e formalidades de espaços tradicionais da arte, como museus e galerias, e inserindo-se em espaços urbanos comuns, em sua maioria espaços públicos, os artistas participantes da exposição Cada Vez Mais Perto exibirão seus trabalhos em contato direto com as pessoas que passam por lugares como a Praça Santos Andrade, Rua XV de Novembro, Praça Tiradentes, Rua São Francisco, entre outros.

A exposição, totalmente gratuita e aberta a todos os públicos, foi concebida a partir de discussões sobre o uso do espaço público e sobre o acesso da população brasileira à arte e à cultura de maneira geral. Segundo pesquisa sobre frequência de práticas culturais da população brasileira de 2013 promovida pelo IPEA, menos de 15% dos brasileiros afirmam frequentar museus e centros culturais.

Com curadoria de Ana Rocha, a proposta de Cada Vez Mais Perto é inverter os processos: levar a arte naturalmente destinada aos museus para a rua, ao invés de chamar o público a estes espaços formais da arte. Dessa forma, a ideia é que os quatro artistas produzam seus trabalhos buscando o envolvimento com as pessoas nos locais onde estarão presentes; integrar a arte aos espaços urbanos do centro de Curitiba.

Evento de abertura: https://www.facebook.com/events/2176633545951425/

Website: http://www.anarocha.art.br/2018-cada-vez-mais-perto

Visitas guiadas ou solicitações de mediação individual ou coletiva podem ser agendadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Acompanhe a mostra no Instagram: @cadavezmaisperto.expo

Projeto realizado com apoio do programa de incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura de Curitiba.

 

Sobre a Distentio Anime

Performance Distentio Anime no Espaço Goethe na Vila

Performance duracional de Fernando Ribeiro que ocorreu no espaço Goethe na Vila, na Vila Itororó, entre os dias 3 a 26 de maio de 2018. Por meio de sua ação, o artista propôs uma reflexão sobre o passado, presente e futuro da Vila.

Distentio animi é um "conceito" criado por Santo Agostinho em sua aporia do tempo para solucionar os problemas do ser e da medida do tempo. O tempo não simplesmente se estende do futuro ao passado, mas é no presente da alma que o tempo se distende como um triplo presente: o presente-passado é a memória, o presente-presente é a atenção e o presente-futuro é a expectativa.

 

Foram 187 horas de performance, onde Ribeiro produziu 2.673 tijolos de gesso e construiu um labirinto dentro da casa. 

Sobre o Goethe na Vila

Goethe na Vila

Vila Itororó, Casa 8 | Foto: Fernando Stankuns

O Goethe na Vila faz parte de uma expertise internacional do Goethe-Institut, a partir de outros espaços para projetos como o Goethe on Main em Johannesburgo e o Ludlow 38 em Nova York. Sua contribuição ao Vila Itororó Canteiro Aberto, projeto da Secretaria Municipal de Cultura realizado em parceria com o Instituto Pedra, tem como objetivo potencializar e diversificar a participação de pessoas e coletivos interessados em ativar o mesmo.

Website: www.goethe.de/saopaulo/goethenavila

Sobre a Vila Itororó 

Vila Itororó

Foto: Nelson Kon

A Vila Itororó é um conjunto arquitetônico idealizado por Francisco de Castro, com mais de dez edificações construídas ao longo do século XX para fins residenciais e de lazer. A Vila Itororó foi tombada como patrimônio pelo CONPRESP e pelo CONDEPHAAT. Em 2006 foi decretada área de utilidade pública, tendo sido desapropriada pelo governo do Estado e pela prefeitura de São Paulo para fins culturais. A restauração da Vila Itororó, iniciada em 2013, é realizada através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e o Instituto Pedra.

Website: http://vilaitororo.org.br/

Durante o mês de maio, Fernando Ribeiro desenvolveu a performance Distentio Anime no projeto Goethe na Vila, na Vila Itororó em São Paulo. Foram 187 horas de performance com a produção de 2.673 tijolos de gesso e a criação de um labirinto dentro do espaço.

Agora o artista continua a performance em Curitiba, na exposição Cada Vez Mais Perto. Mais tijolos e um novo labirinto a serem construídos.

A performance duracional ocorrerá entre os dias 9 de junho a 7 de julho de 2018 na Galeria Condor, no centro de Curitiba.

Mais informações: Exposição Cada Vez Mais Perto

Subcategorias

Social

 

Newsletter

Assine a newsletter e saiba mais sobre as atividades de Fernando Ribeiro.

Foto de Fernando Ribeiro

Fernando Ribeiro

Artista da performance e curador, vive e trabalha em Curitiba, Brasil. Ribeiro se destaca como um dos principais artistas da performance do Sul do país. Sua trajetória conta com mais de 17 anos dedicados a performance art, tendo participado de diversos eventos nacionais e internacionais. Também atua como curador de performance na p.ARTE e Bienal de Curitiba.