Dia-a-dia
um diário da performance Distentio Anime no espaço Goethe na Vila.

Sem visitas, sem novidades, o dia foi de intensa produção. 
Leia mais...

E este é o primeiro dia da rotina da semana. Primeiro dia o tempo todo produzindo tijolos e pensando o espaço aqui na Vila Itororó. 
A princípio, hoje não é um dia de visitas. Em teoria, este seria o primeiro dia em que eu estaria sozinho por aqui. Pois bem, não foi bem assim. 
Leia mais...

E o quarto dia da performance Distentio Anime foi mais curto. Como as segundas-feiras a Vila Itororó não abre, este dia acaba sendo dedicado a limpeza, produção e manutenção.

Leia mais...

E chegou o sábado. O dia que tinha uma expectativa maior quanto a presença de pessoas, devido ao horário extendido de visitação e também por ser fim de semana.

Leia mais...

E no segundo dia de performance já penso: por que mesmo eu quis fazer um diário? Dia a dia mesmo? Pois é, não sei se terei tantas novidades para trazer todo dia. Em muitos casos não sei se terei tempo também.

Leia mais...

Começar algo no mundo sempre é difícil, assim como finalizá-lo também o é. Seja um texto, uma pintura, qualquer obra. O mesmo é com a performance. E no caso de performance duracional, este início é mais difícil ainda de definir. Pois o trabalho começa antes com os preparativos e também não começa, pois fica a expectativa para o seu real início.

Leia mais...

O que falar sobre os dias que antecedem uma performance inédita e, ainda mais, uma performance duracional?

Leia mais...

Falta uma semana para começar a performance Distentio Anime no espaço Goethe na Vila, Vila Itororó, São Paulo. Estando ainda em Curitiba, a produção está toda encaminhada, tanto aqui quanto em São Paulo. A expectativa é grande para a execução desta performance. 

Gostaria aqui de falar um pouco mais sobre ela, aproveitando esse momento anterior a performance em si, onde deverei me concentrar mais no dia-a-dia da performance.

Leia mais...

Para além da ação de produzir tijolos de gesso e construir um labirinto no Espaço Goethe na Vila, também manterei um diário das minhas ações assim como um espaço a mais para reflexão. 

Pretendo que este espaço também seja um dos acessos a performance, principalmente nos dias em que não há visitação pública.

Assim, a partir do dia 3 de maio, reflexões, notas, pensamentos e imagens começarão a aparecer por aqui. Talvez antes.

 

Página 2 de 2

Social

 

Newsletter

Assine a newsletter e saiba mais sobre as atividades de Fernando Ribeiro.

Foto de Fernando Ribeiro

Fernando Ribeiro

Artista da performance e curador, vive e trabalha em Curitiba, Brasil. Ribeiro se destaca como um dos principais artistas da performance do Sul do país. Sua trajetória conta com mais de 17 anos dedicados a performance art, tendo participado de diversos eventos nacionais e internacionais. Também atua como curador de performance na p.ARTE e Bienal de Curitiba.